Sábado, 19 de Setembro de 2020

Buscar  
Mundo
Publicada em 26/06/20 às 16:51h
Médica de 88 anos passa 50 dias intubada em UTI, se cura da COVID-19 e volta a fazer cirurgias
Cirurgiã Angelita Gama retornou ao centro cirúrgico menos de um mês após receber alta hospitalar e não pensa em se aposentar

BBC News Brasil


Um período de recomeço. Assim a médica Angelita Habr-Gama, de 88 anos, descreve o seu retorno ao centro cirúrgico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP), em 4 de junho.
Naquele dia, ela conduziu a sua primeira cirurgia após retornar ao serviço, depois de passar 50 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo hospital em que trabalha, após contrair a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.
Uma das mais renomadas gastroenterologistas do país, Angelita se tornou uma paciente em estado grave, em meados de março. Os pulmões dela foram comprometidos pela covid-19. Com dificuldades para respirar por vias naturais, a médica teve de ser intubada. Apesar de não ter comorbidades, ela era considerada do grupo de risco em razão da idade.
"Não achei que resistiria. Era um quadro muito grave", diz Angelita à BBC News Brasil.
A médica foi internada em 18 de março. Na data, segundo dados do Ministério da Saúde, havia 428 casos do novo coronavírus no Brasil e quatro mortes confirmadas. Quando ela recebeu alta, em 10 de maio, eram mais de 161,6 mil casos e 11 mil mortes pelo vírus no país.
Angelita não acompanhou o início do crescimento exponencial de registros de covid-19 no país, que atualmente tem mais de 1,2 milhão de casos e 55 mil mortes. Intubada e sedada na UTI, ela soube da situação horas após recobrar a consciência.
"É um vírus muito agressivo. Ele se propaga com muita facilidade e como ainda não se conhece muito sobre as características dele, é mais difícil tratar. Mas é preciso ser otimista. É grave, mas nem sempre é letal", reflete a cirurgiã.



Hora Certa

Clique e ouça
(61) 9 9628-0406

Rádio Estúdio
Quem quer aparecer na internet, aqui é o lugar!
Copyright (c) 2020 - .:: Fora do Canal ::. - Todos os direitos reservados